Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o-meu-pensamento

o-meu-pensamento

Acordei do meu sonho...

Janeiro 04, 2010

Isis Erzsébeth Báthory

 

Lembram-se daquela minha conversa, de não saber se estava a crescer ou quê?

Aqui há uns dias, dei por mim a pensar "gostava de voltar a ser like my oldself", sabem? Não...Claro que não sabem...Se nem eu sei...Ou melhor sei, mas não sei explicar...

Tambem não interessa...A verdade é que aconteceu, I guess it was my christmas present...

Há dois dias atrás dei por mim a andar perdida, não sei por onde, e a perguntar-me se isto que se estava agora a passar comigo era um pesadelo?!

Infelizmente, a chuva serviu para me acordar dos meus pensamentos e choro estupido, e mostrou-me que não, que infelizmente era a dura realidade...

Penso que se fosse outra pessoa, não estaria assim...Quero dizer, só me encontro assim, porque é complicado para mim lidar com pessoas, socializar, sabem? Embora eles os dois me tivessem mostrado que não era impossivel...Eles aceitavam-me, e eu tinha amigos...Sentia-me acarinhada, por outros que não o meu pai e a minha irmã (queridas pessoas para mim, acreditem)...Parece que afinal V. sempre conseguiu o que tanto queria, non? Lutámos em vão?

Ontem dava por mim a chorar no caminho do comboio, sentia-me angustiada, como não havia sentido antes, perdi algo querido, duas pessoas que acarinhava do fundo do meu coração, acha isto dificil de voltar a acontecer, há muito que me havia fechado à amizade...Sabem? Não, claro que não... Mas ganhei-lhe medo, talvez por me dar sempre tanto, e acabar por sair sempre magoada...

Obrigada pai, por me teres dado a mão, obrigada por me mostrares do quão sou importante para ti, obrigada por me tentares fazer pensar que são eles, os não merecedores das minhas lágrimas...No entanto, não consigo parar...Desculpa-me se te magoar com alguma acção estúpida e infantil que possa cometer num breve futuro...

Desculpa se a minha tristeza te deixa triste...Pai, querido pai, como te adoro...Eu dou-te valor, és um grande Homem, és o meu idolo, tambem dou muito valor à minha irmã... Obrigada aos dois por gostarem de mim, obrigada aos dois por me darem a mão, nos momentos em que mais preciso...Creio, não ter mais palavras neste momento...

Apenas, que amava, amo, e amarei sempre my dear friends. Talvez se um dia houver resposta, então o porquê?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D