Quinta-feira, 8 de Abril de 2010

 

Kurt Liebmann - "Sob Paisagem Nocturna"

 

Arrepio órfão escava e sai da terra
aperta o meu pé contra o seu peito

e

chora.

 

Eu tremo entre estrela e violino

Lábio acaricia monte a anoitecer

A nuvem vermelha pousa suave sobre o meu cabelo

Som pestaneja olhos

escapa-se

e

escapa-se

e

adormece.

 

 

Eu sou um oscilar para os túmulos chorososde vento

Maldições agarram-me e levam-me para o fundo

Os longes emparedam escuridão

sufocam

Eu grito: Te (Ich schreie Dich - faz-me mais sentido em alemão)

Estás junto ao lago da tristeza amarelada da tarde

e atiras para mim o som da harpa das tuas lágrimas

Oh sombra da tua sombra

Passo de dança sobre flocos de nuvens

Abismos

Noite

Beijo fundamente a lua em sangue da palidez da tua fronte-flauta

Oh lua

Tu

Noite.

 

 

 

(traduzido por João Barrento - livro - A alma e o caos)

Published by Isis Erzsébeth Báthory às 18:03
link do post | Give your input | | | favorito

muito bonita esta foto, cumprimentos
aumentare il seno a 19 de Abril de 2010 às 14:54

Tenho pena de não ser eu a fotografa...


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


últ. comentários
Since the very first moment that I felt you inside...
I love you too the problem with me is that I never...
Sou enfermeiro no Brasil, pós graduado, revoltado ...
Ora aqui está um verdadeiro retornado do outro mun...
Há mais quem volte, quem também goste de túmulos, ...
Ton petit coeur m´a fait peur!!Ce sont des verses ...
Ao longo do tempo temos fases de maior apego ou in...
Vim agradecer e retribuir a visita. Continue a ler...
And never look back! She didn't lose everyone... T...
Eu mudei... Mudei muito... Mas para melhor eu acho...
links