Domingo, 27 de Janeiro de 2013

As vezes (na verdade quase todos os dias), acordo assim com aquela preguiça de ir trabalhar...

Published by Isis Erzsébeth Báthory às 11:24
link do post | Give your input | | | favorito

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013

 

No geral a juventude portuguesa não é a maior adepta da música nacional, na verdade não são grandes adeptos de nada do que seja nacional, e talvez por isso, cá fora, quando se fala de Portugal, poucos conhecem algo de Portugal, no entanto dou-me conta, que este fenómeno, acontece porque na verdade, por norma o que vamos associar quando ouvimos falar em música portuguesa, é automáticamente, tudo o que é Quim Barreiros,  José Malhoa, e músicas folclóricas,fado, nada contra estes estilos, simplesmente não sou grande apreciadora, acho piada às letras do senhor Quim Barreiros e da Senhora Rosinha, mas de facto não me apelam muito...Enfim, quanto ao fado, adoro, no entanto é preciso uma coisinha que não sei bem definir, para se poder apreciar, é preciso, talvez uma certa "maturidade", pois é no meu ver um estilo músical que fala de sentimentos demasiado profundos para que a maioria dos miudos adolescentes consigam entender, e apreciar...

Enfim, continuando, como dizia, à música portuguesa, associamos estes estilos, mas isto porque em portugal não se dá ouvidos à malta jovem que faz música incrível, e os apreciadores vão-me desculpar, mas é óbvio que não falo de rap, temos rappers que até dizem alguma coisa com jeito, mas são raros, a maioria vão falar de coisas estúpidas, e que não dão exemplo nenhum à juventude, e acreditem ou não, a música é onde os jovens mais vão buscar exemplos, e não falo só por mim...prossigamos, temos músicos excelentes, mas de facto não os vejo serem o suficientemente divulgados...

Temos excelentes bandas como Ornatos Violeta, Mundo Cão, La Chanson Noir, temos Deolinda (já um pouco mais conhecidos), um tipo de fado bem menos nostálgico, que acredito e tenho esperanças que os jovens possam apreciar mais facilmente...Temos os Toranja, os Pluto...E tantos outros...

Não percebo o porquê de não lhes darmos mais divulgação...

 

Deixo-vos com duas versões de uma das minhas músicas de eleição, de momento...

A versão original:

E a versão que utilisaram para o video clip...
I'm feeling: La chanson noir - lúcifer
tags:
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 19:24
link do post | Give your input | Observe other inputs (1) | | | favorito

Tanta coisa que está mal na tua vida,

Gostavas de poder voltar atrás e mudar tudo...

Não chores sobre o leite derramado, não há tempo para isso,

Afundas-te no mar de tristezas,

No entanto a vida continua,

E o que está feito, feito está,

Os erros já foram cometidos,

Segue em frente,

Afasta-te do lugar, de onde já partiste uma vez sem ele,

Não há nada que te faça ficar,

Afasta-te sem olhares para trás,

Não guardes as memórias,

Carregas o mal, enquanto não conseguires esquecer...

Afasta-te, pois não há mais nada a dizer...

Published by Isis Erzsébeth Báthory às 18:33
link do post | Give your input | | | favorito

Domingo, 20 de Janeiro de 2013

 

Em novembro a Endless Night esteve em Berlim para o primeiro German Vampire Ball,

vejamos o video do Red Mass Ritual

Published by Isis Erzsébeth Báthory às 17:00
link do post | Give your input | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
26

28
29
30
31


últ. comentários
Since the very first moment that I felt you inside...
I love you too the problem with me is that I never...
Sou enfermeiro no Brasil, pós graduado, revoltado ...
Ora aqui está um verdadeiro retornado do outro mun...
Há mais quem volte, quem também goste de túmulos, ...
Ton petit coeur m´a fait peur!!Ce sont des verses ...
Ao longo do tempo temos fases de maior apego ou in...
Vim agradecer e retribuir a visita. Continue a ler...
And never look back! She didn't lose everyone... T...
Eu mudei... Mudei muito... Mas para melhor eu acho...
links
subscrever feeds