Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

(Foto por : Isis Erzsébeth Báthory, modelo: a mesma que tirou a foto)

 

Sinto-me incompreendida por muitos,
Odiada por muitos,
Sinto-me revoltada, com tudo e com todos,
Sinto ódio em mim,
Sinto vontade de querer fugir, daqui para bem longe,
Mas sinto-me presa a uma vida de ilusões,
A uma vida de repreensões,
Apenas vejo uma unica solução,

Pode até não servir de nada,
Mas a vontade de me libertar é tanta,
Que desejo essa solução com todas as minhas forças,
Às vezes durmo, e no dia seguinte tudo passa, está tudo normal,
Mas no outro já não é assim, e mais
Uma semana de discussões, estupidas de quem não quer ouvir,
Se vai passar, semana essa que parece levar mais tempo a passar,

Pego numa lâmina e corto ao de leve, é divertido ver os desenhos que
Se formam, é divertido ver que no corpo se faz coisas que
Não mais se irão apagar.
Mas de que serve este meu grito no vazio?

Ninguém ouve, todos pensam que sou apenas a mimada,
Que apenas quero atenção, enquanto na verdade o que quero é exactamente
O contrário, quero que não se preocupem comigo,
Que me deixem em paz, sozinha, fazer o que quero,
Irrita-me as chamadas de atenção porque fiz algo errado,
Fazem-no de forma como se fossem perfeitos,
Gritam comigo, como se fosse a culpada de quem já lhes fez o mesmo,
Falam em modernidades,

Mas no fundo são os mais retardados nos seus próprios atrasos,
Querem ser ouvidos, mas não querem ouvir,
Querem ter a razão de tudo, nem que seja o mais absurdo.
Com este meu grito, não quero que eles pensem que me sinto a vitima, pois não
Me sinto, nem me irei sentir,
Mas também não me sinto culpada por algo que não fiz,
Mais uma semana de gritos estupidos, de gente estupida chegou,

Irei eu aguentar esta semana?

Irei eu continuar a rebaixar-me a uma suposta regra que tem
Tanto de sensato, como 3+8=2,
Com este meu grito no silêncio não quero que eles pensem
Que me sinto vitima, pois não sinto,
Apenas queria que eles me dessem a liberdade.

I'm feeling: Revoltada com algo estupido
Music: As ambulâncias toscas que tão a passar aqui perto
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 09:54
link do post | Give your input | Observe other inputs (5) | | | favorito

Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007
Uia apequena adormeceu, acho que vou aproveitar para fazer o mesmo, mas estou a gostar da musica, vou deixar tocar...
I'm feeling: cheia de sono
Music: Wolfgang Amadeus Mozart - Violin Concerto No. 5 in A major
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 07:59
link do post | Give your input | Observe other inputs (4) | | | favorito

Mozart - Die Entführung aus dem Serail -Chor der Janitscharen

 

 

Gosto tanto dessa musiquinha em tom mais operal...

 

I'm feeling: grrrr
Music: Mozart - Le nozze di Figaro - Non so piu cosa son - Berganza
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 07:30
link do post | Give your input | | | favorito

Todos nós sabemos, que por este mundo há montes de probloemas de merda...E um dos grandes problemas é a pedófilia e pornografia infantil...

E o numero cada vez aumenta mais, e temos também a grande rede de sites, pornos e foruns para pedófilos, e o numero não é dos mais agradaveis, pois temos cerca de 100,000 (Informação retirada do blog "a tua amiga"). Penso, e volto a frizar, penso eu que todos nós queremos combater essa praga que por aí anda, então e eu mais uma vez muito atenta ao blog da Maria vi lá de um site catitas que tem velinhas virtuais p'ra acendermos, é gratis, eles só querem apoio, podemos acender quantas quizermos, mas uma de cada vez, eu já acendi uma, por isso se quizerem :

http://www.lightamillioncandles.com

 

Hmm já agora para quem sabe de sites com pornografia infantil e afins, podem advertir aqui:

a) www.cybertipline.com

b)  www.inhope.org

 

Pensem que é por uma oa causa...Eu por acaso não tenho filhos, mas tenho uma sobrinha pequena, e não me agrada nada, mesmo nada saber que a minha pequena um dia poderá estar exposta a este tipo de abusos =\ pensem assim nestes casos, caso não tenham filhos...

 

 

Devem estar a achar estranho eu a esta hora estar na net...Pois quase num dormi, hoje tenho a pequena hehehehe, há que dar prioridade :) tá aqui a ver tudinho hehehehe...

Published by Isis Erzsébeth Báthory às 04:51
link do post | Give your input | Observe other inputs (2) | | | favorito

Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Já há algum tempo que não metia videos...

 

Amadeus Rock's

 

 

Er war ein Punker
Und er lebte in der großen Stadt
Es war in Wien, war Vienna
Wo er alles tat
Er hatte Schulden denn er trank
Doch ihn liebten alle Frauen
Und jede rief:
Come and rock me Amadeus

Er war Superstar
Er war populär
Er war so exaltiert
Because er hatte Flair
Er war ein Virtuose
War ein Rockidol
Und alles rief:
Come and rock me Amadeus
Amadeus, Amadeus...

Es war um 1780
Und es war in Wien
No plastic money anymore
Die Banken gegen ihn
Woher die Schulden kamen
War wohl jedermann bekannt
Er war ein Mann der Frauen
Frauen liebten seinen Punk

Er war Superstar
Er war populär
Er war so exaltiert
Because er hatte Flair
Er war ein Virtuose
War ein Rockidol
Und alles rief:
Come and rock me Amadeus
Amadeus, Amadeus...

Por: Falco

I'm feeling: Eu
Music: Amadeus Rock's
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 02:58
link do post | Give your input | | | favorito

Há quem tenha festejado o natal, eu tratei de fazer coisas girinhas para o meu blog...

Há pessoal que tem na mania que pode andar aí a meter os meus textos e fotografias na net ao desbarato e a mentir na autoria então pronto, o meu blog está oficialmente protegido!

Fotos e texto devem ser agora introduzidos com os créditos

"escrito por: Isis Erzsébeth Báthory http://o-meu.pensamento.blogs.sapo.pt "

As fotos ficam com o crédito que meto sempre nelas...com o meu nome...E coiso era isto...Xau vou embora

Published by Isis Erzsébeth Báthory às 02:02
link do post | Give your input | Observe other inputs (4) | | | favorito

Domingo, 23 de Dezembro de 2007

São tantas, mas mesmo tantas as vezes

As quais dou comigo a pensar em

Pensamentos desnecessários...

Dou comigo a ter flashback's de

Um tempo, de uma lembrança,

Que há muito, esquecida deveria ter sido...

E pensamentos a mente me absorvem...

Volto então a sentir de novo vontade de te ter,

De ser tua...

Tenho saudades do tempo em que eramos apenas "um"...

Ama-me, como se humana eu fosse,

Toca-me como há muito não me tocas...

Deixa-me mostrar-te os meus sentimentos,

Deixa-me indicar-te como "tocares" na minha alma,

Ama-me como se humana eu ainda fosse...

Ensina-me mais uma vez como se ama,

Faz com que o brilho dos meus olhos predure

Por mais um momento,

E deixa-me fazer o teu predurar eternamente,

Deixa-me tocar-te como nunca haverei tocado alguém,

Ajuda-me a ver o que está certo e errado,

Deixa-me ver o verde do teu mundo,

Simplesmente deixa-me conhecer-te,

Abre-me as portas do teu mundo secreto como

Eu as minhas te abro,

Não tenhas medo em tocar no meu sangue,

Não será puro à vista de sociedades, mas

No nosso amor será o mais puro que possa haver...

Ama-me como nunca amaste ninguém,

Como se humana eu fosse,

Como se um coração eu também tivesse...

 

 

 

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal. Para ver uma cópia desta licença, visite http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/pt/ ou envie uma carta para Creative Commons, 171 Second Street, Suite 300, San Francisco, California 94105, USA.

I'm feeling: deprimida
Music: His Infernal Majesty - The Funeral Of Hearts
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 22:40
link do post | Give your input | Observe other inputs (2) | | | favorito

Como um lindo brinquedo...
É como um brinquedo que te sentes,
Um lindo brinquedo para brincar...
Como uma boneca, uma boneca de plástico...
É assim que te sentes,
Boneca de tantos homens e mulheres..
Homens e mulheres, que tão importantes parecem...
E ainda mais sujos que tu são...
Uma arma no chão...
Um buraco na tua cabeça,
Apenas como uma prostituta...
És apenas uma prostituta...
Tu desejas acima de tudo morrer...
Os teus olhos, o teu pescoço,
A tua mente, o teu coração,
Os teus olhos, a tua mente,
O teu coração a tua alma...
Uma arma está no chão,
E um buraco está na tua cabeça...
Foste apenas uma boneca,
Uma linda boneca...
Desejavas morrer...
E agora, Agora, tu estás...
morta...

 

 

*Se viram a descrição que meti abaixo do outro poema, esta mesma, também se aplica aqui neste.*

I'm feeling: deprimida
Music: Lacrimosa - Mozart
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 22:28
link do post | Give your input | | | favorito

Não sei quem és, não sei o que desejas...
Não sei quem sou, não sei o que desejo...
Não é um tempo, não sei o que é...
Não é uma paixão, não é uma amizade...
É a companhia do misero amor,
E do misero amor é a companhia...
A companhia é minha...
Não é tua, és apenas uma criança que por aí brinca com sentimentos...
Não és uma pessoa, não és um animal...
És apenas uma criança, que anda pela companhia do misero amor...
Misero amor é da companhia,
A companhia não é para ti, é para mim eu cheguei primeiro...
A companhia é apenas minha...
Companhia do misero amor,
E do misero amor é a companhia,
A companhia é minha...
É tão fácil de enganar, és tão estúpido...
És tão criança...És tão tu...
Se queres, corre,
Se queres luta...
És tão imbecil, és tão sujo...
És tão tu...
E a companhia do misero amor é minha...
E tu estás na imundice...
És tão tu...
Eras tão tu...

*Este poema já foi escrito há algum tempito, resumi-me a passa-lo do outro blog para aqui*

I'm feeling: deprimida
Music: Lacrimosa - Mozart
Published by Isis Erzsébeth Báthory às 22:22
link do post | Give your input | Observe other inputs (2) | | | favorito

Sábado, 22 de Dezembro de 2007

Animais: Associação protesta à frente do circo Cardinalli, circo nega acusação de maus tratos

 

 

Lisboa, 22 Dez (Lusa) - Onze membros da associação ANIMAL começaram a protestar hoje pelas 20:00 horas, junto de um circo do Parque das Nações contra as "condições miseráveis dos animais naqueles lugares", enquanto o circo rejeitou todas as críticas.

A acção, que se prolongará durante a transmissão em directo do espectáculo de circo Victor Hugo Cardinali por um canal privado, consiste na distribuição de panfletos e na exposição de cartazes e alertas sobre o "que os animais passam diariamente nos circos".

Os manifestantes querem ainda que o Parlamento, como aconteceu em alguns Estados e municípios brasileiros ou em autarquias espanholas, proíba a manutenção e uso de animais em circos no Código de Protecção dos Animais.

No centro das críticas está a "exploração e ridicularização dos animais num espectáculo, que lhes diminui a dignidade, assim como os treinos violentos a que são sujeitos". "Estão fechados em jaulas e sujeitos a problemas emocionais e psicológicos", acusou o presidente do organismo, Miguel Moutinho.

Pela parte da família Cardinalli foi garantido que os animais naquele circo são "tratados melhor que algumas pessoas" e lembrou que há muitos cães e gatos "fechados" em casa.

"Os nossos animais são melhor tratados que muitos seres humanos ou pessoas que estão na rua e que até têm família. E estes animais iriam morrer se fossem libertados na selva porque nasceram e sempre foram tratados em cativeiro", disse Filomena Cardinali à Agência Lusa.

Em resposta, a associação ANIMAL garante que animais como leões-marinhos adaptam-se rapidamente ao meio natural e para outras espécies há santuários.

"Sem querer adoptar um tom arrogante", Filomena Cardinali afirmou que "nada tem a falar com a ANIMAL", mas que os críticos "são bem-vindos dentro do perímetro de lei para manifestar as suas opiniões, como qualquer pessoas".

"Eu não tenho nada para falar com a ANIMAL, que já mostrou imagens de circos que não são do Victor Hugo, mas que as identifica como tal. Eu poderia conversar se houvesse algo para nos ensinar ou para trazer algo de melhor e inovador nos cuidados a ter com os nossos animais", acrescentou.

A estas acusações Miguel Moutinho assegurou que o próprio Victor Hugo Cardinali admitiu publicamente bater nos animais, tornando-se assim num "confesso abusador dessas condições".

A porta-voz da família Cardinali recordou, por seu lado, que em acções passadas as pessoas que assistiram ao espectáculo de circo manifestaram o seu "apoio e gosto" por verem animais. "Os dois pontos de vista são igualmente válidos e respeitáveis", argumentou.

No circo Cardinalli os "animais são muito bem tratados, como provam as inspecções feitas", disse a mesma fonte, exemplificando como cuidados habituais o uso do mesmo fornecedor de feno ou de máquinas de jacto de água quente para lavagem e a recusa de acções publicitárias que afectem os animais.

Para a ANIMAL, as inspecções recentemente feitas pela GNR cingiram-se à consulta de documentos que provem o respeito pela Convenção Internacional sobre Espécies Ameaçadas.

"Os guardas não têm condições técnicas para avaliar problemas emocionais", defendeu.

Filomena Cardinali aproveitou ainda para referir que a ANIMAL tem repetido nos últimos anos a sua manifestação "exactamente no dia em que o espectáculo de circo está a ser transmitido por um canal de televisão".

Para a ANIMAL, a escolha do dia de hoje é "simbólico para fazer críticas a todos os circos e porque um canal de televisão tomou partido numa discussão actual.

Como antecipadamente combinado, o movimento de defesa dos direitos dos animais aguardou pela chegada de alguns elementos policiais para começar a sua acção de protesto, "por quererem ver assegurada a sua segurança".

"Já fomos agredidos frente ao circo Atlas, ao mesmo tempo que dois agentes policiais. E em 2006 um domador libertou um urso pardo, que apesar de ser uma vítima destas situações, não deixa de ser perigoso. E por isso não queremos correr riscos desnecessários numa situação de conflito potencial", lembrou o presidente da associação.

No próximo fim-de-semana, os manifestantes têm agendadas mais acções de protesto.

PL.

Lusa/fim

 

 

Depois disto só tenho a dizer: Fodam-se seus filhos da puta, isso são tudo tretas para continuarem a ganhar a pala de gente estupida que acha giro verem animais a serem sacrificados...poupem-me

Published by Isis Erzsébeth Báthory às 23:24
link do post | Give your input | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14

16
17
18
19
20
21

24
25
28
29

30


últ. comentários
Since the very first moment that I felt you inside...
I love you too the problem with me is that I never...
Sou enfermeiro no Brasil, pós graduado, revoltado ...
Ora aqui está um verdadeiro retornado do outro mun...
Há mais quem volte, quem também goste de túmulos, ...
Ton petit coeur m´a fait peur!!Ce sont des verses ...
Ao longo do tempo temos fases de maior apego ou in...
Vim agradecer e retribuir a visita. Continue a ler...
And never look back! She didn't lose everyone... T...
Eu mudei... Mudei muito... Mas para melhor eu acho...
links
subscrever feeds